O 3°ERPJ Nas terras quentes de Marília, que digamos de passagem neste fim de semana prolongado, não esteve nada quente rsrs, mas em compensação a juventude da pastoral da juventude do estado de São Paulo, foram o sol que faltou nestas terras por estes dias aquecendo aquele lugar com suas vontades e desejos de fazerem o reino acontecer, cheguei por lá na quinta feira pela manha e já fui recebido com o calor destes jovens que com muita ternura acolhiam a cada um e uma de nossa delegação da província de são Paulo, e isso foi só o começo logo iniciaram os trabalhos com uma bela oração inicial, que nos levou a reflexão a do evangelho de Mateus, cap. 25.

E na mesa de abertura do encontro estava lá o bispo da diocese, o diretor do colégio, o nosso representante nacional, uma linda jovem dos grupos de base de Marília saudando a todos os presentes e os impulsionando rumo à construção do reino, e com uma simples e bela fala a jovem representando todos os grupos de base de Marília e de são Paulo abriu oficialmente o 3° ERPJ com seu Tema: Pastoral da Juventude; Testemunho e Esperança e o seu Lema: Nas celas, nos campos, nas ruas, nas lutas com Maria transformando sofrimentos na doçura do mel.

E com muita animação e cantando a juventude foi para os primeiros trabalhos do dia se dividindo em comunidade para debater principais assuntos que assombram e inquietam a juventude tentando juntos em comunidade pensar nas melhores soluções para que a vida da juventude seja digna e justa, mas ainda o melhor do dia ainda estava por vir, chegada a noite iniciou-se a celebração que faria a abertura oficial das comemorações dos 40 anos da pastoral da juventude no estado de são Paulo, e com muita emoção a juventude cantou celebrou encenou e abriu também essas comemorações, n presenteando a todos os presentes com uma sala dedicada as memórias destes 40 anos de historia da juventude pejoteira deste tão grande estado. A quinta feira foi fechada com uma deliciosa festa Latina onde nossa juventude se caracterizou e homenagearam nossos irmãos latinos.

A sexta feira foi encantadora, pois pela manha já fomos contemplados com a rica presença de Dom José Maria Pires conhecido como Dom Zumbi! Que com seus 94 anos de vida e com muita juventude em sua alma, nos presenteou com suas memórias sobre o Vaticano Segundo, emocionando a todos com suas falas e lembranças deste principal momento histórico da nossa santa e amada igreja, então logo depois fizemos uma roda viva de conversa sobre as pastorais sociais que lá estavam representadas pela Ceb’s,Pastoral Carcerária, Cebi, Pastoral da Juventude Rural, e Comissão Pastoral da Terra, que nos deliciaram também apresentando aos jovens suas riquezas nas suas ações pelo Brasil a fora, foi um momento mágico também, olhar os olhos daqueles jovens do estado inteiro cheios de esperança e felicidade por estarem ali se alimentando da experiência das pastorais sociais do nosso Brasil.

E neste momento mágico que felicitava os jovens ali presente eu com muita tristeza me despedia de todos, pois por motivos pessoais tive que voltar a são Paulo, mas sai daquelas terras quente com minhas opções renovadas e cheias de energia para aqui em Sampa fazer o reino acontecer em sintonia com toda a juventude do Regional sul1.

Abraços… Em todos e espero que tenham se sentido um pouco em Marília com esse meu pequeno relato vivido estes dois dias no 3°ERPJ.

Eder Francisco da Silva
Assessor da pastoral da Juventude Arquidiocese de São Paulo

Posts Relacionados