Hoje a Pastoral da Juventude presta seus mais sinceros sentimentos aos familiares de Adriano e Vinicius.

Mais do que abatidos com mais duas vidas interrompidas, duas jovens vidas, continuamos indignados.

Quantas vezes mais? Quantos jovens mais?

O Evangelho de João é claro quando Jesus Cristo nos diz

Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância”.

Nós jovens queremos vida em abundância, vida e dignidade! Vida e Esperança!

Estamos cansados, exaustos de perder amigos, familiares, irmãos nesta guerra que não é nossa!PJBrasilandia

Não serão os bandidos, não serão as milícias que cessarão a nossa sede de Cristo, nossa sede de amor. É necessário repensarmos, questionarmos e nos posicionarmos a favor da vida, para que não tenhamos mais vitimas, como tantos Adrianos e Vinicius que são abatidos por tão pouco, que são julgados em um tribunal sem leis.

Mas tenham uma certeza, assim como Cristo ressuscitou, estes jovens estão vivendo a Páscoa da Ressurreição com o Mestre, e assim intercedendo por todos nós e por todos aqueles que sofrem.

Chega de violência e extermínio de jovens, a Juventude quer e precisar viver!

Para encerrar deixamos um trecho da “Música Dias Melhores”, que resume claramente o clamor da Juventude:

“Vivemos esperando dias melhores, dias de Paz, dias a mais. Dias que não deixaremos para trás”.

Pastoral da Juventude

Região Episcopal Brasilândia

Posts Relacionados